Lá Ele!

Papai tá retado

Roberto Jefferson

A Justiça Trabalhista
é a babá mais cara do mundo
e deve acabar.


 

Irritado com as decisões recentes do Judiciário, que barram a posse da sua filha, Cristiane Brasil, como ministra do Trabalho, o presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson, resolveu atacar violentamente a Justiça Trabalhista. Disse que é “uma excrescência brasileira, socialista e populista, uma indústria do reclamante, porque o reclamado sempre perde”.

Só pra lembrar, Roberto Jefferson (condenado pelo Supremo Tribunal Federal no julgamento do mensalão) é hoje um dos principais aliados de Temer e presidente do PTB, que significa Partido Trabalhista Brasileiro.

A filha que Jefferson indicou para o ministério de Temer, em troca do apoio do seu partido para a reforma da Previdência, é a deputada Cristiane Brasil,   condenada pela Justiça Trabalhista por não assinar a carteira de trabalho e não pagar gratificações como férias, aviso prévio e gratificações natalinas aos seus funcionários.

Ela foi condenada a pagar R$ 60 mil por violar a lei trabalhista, em processo movido por um motorista em 2016, que alegou trabalhar 15 horas por dia para a família de Cristiane. A Justiça acatou o pedido, e a sentença foi confirmada pelo Tribunal Regional do Trabalho da 1ª Região (TRT1). Cristiane Brasil também é acusada de receber R$ 20 milhões da Friboi, dos irmãos Batista e R$ 200 mil de caixa dois, da Odebrecht.

Jefferson diz que ele e Temer vão “até o final” para garantir a posse de Cristiane.

 

 

Deixe uma resposta

Veja Também